08/08/2014

Secretaria de Saúde do RN admite dívida de R$ 96 milhões


Luiz Roberto Fonseca: "Quando vocês viram 12 hospitais em reforma no RN?" (Foto: Ricardo Araújo/G1)

A Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap) deve atualmente R$ 96.005.580,50, segundo o titular da pasta, Luiz Roberto Fonseca. A dívida tem gerado problemas para a saúde do estado, acarretando, inclusive, na suspensão das cirurgias eletivas agendadas em Natal.

Isso porque o governo deve à Prefeitura da de Natal mais de R$ 40 milhões. Sem o repasse, o Município alega não ter como pagar aos 380 médicos prestadores de serviço.

Para sanar este problema em específico, o Estado liberou nesta quinta-feira (7) R$ 2,5 milhões. O restante do dinheiro, mais R$ 2 milhões, deve ser repassado até o dia 18 de agosto.

Com relação ao restante da dívida geral da Sesap, o secretário diz que pretende economizar R$ 5 milhões por mês com corte de gastos para auxiliar no pagamento. Fonseca afirma que haverá suspensão de plantões extra e cancelamento de eventos diárias e passagens a servidores.

Entretanto o equilíbrio das finanças ainda depende de ajuda do governo federal e de que as prefeituras do RN assumam os serviços de saúde de baixa complexidade. Além disso, o secretário afirma que precisa que o Governo do Estado repasse o valor previsto por mês para a Sesap.

De acordo com Luiz Roberto Fonseca, o orçamento prevê um repasse mensal de R$ 21 milhões para a Saúde, mas, em média, o repasse tem sido de R$ 17 milhões.
Anterior Proxima Página inicial