27/05/2014

Paciente surta, tenta matar médico e acaba baleado em hospital de Natal


Paciente se cortou com bisturi e foi baleado pelo
vigilante do hospital (Foto: Arthur Barbalho/G1)
Um homem foi baleado por um vigilante após surtar e tentar matar o médico que o operava. O fato aconteceu na manhã desta segunda-feira (26) no hospital Santa Cantarina, na zona Norte de Natal. 

Segundo a Polícia Militar, o paciente deu entrada na unidade de saúde por ter sido esfaqueado na barriga pela mulher dele. Ao ser atendido, o homem teria pego um bisturi na sala de cirurgia e se cortou várias vezes. Depois, ainda tentou atingir o cirurgião, até ser baleado pelo vigilante do hospital. A confusão assustou funcionários e pacientes que estavam no local.

De acordo com o major Manoel Kennedy, "primeiro o paciente pegou o bisturi do médico e golpeou a si próprio. O cirurgião que o operava tentou intervir, foi quando ele se voltou contra o médico e os profissionais que estavam em volta", disse o oficial.

Com a confusão, o segurança que trabalha na unidade foi até o local e atirou duas vezes. "Foram tiros de advertência, em legítima defesa. O rapaz acabou baleado e está sendo tratado pela equipe médica do próprio hospital", acrescentou o major.

Uma funcionária da unidade de saúde, que não quis se identificar, disse que o caso gerou pânico. "Foi horrível. Ele tentou matar o médico e toda a equipe. Tem enfermeiro passando mal, paciente que piorou. A confusão começou na sala de pequenas cirurgias e terminou no setor de reanimação. Estamos todos com medo de trabalhar", disse ela.

Ainda de acordo com a PM, o médico que foi agredido e o segurança da unidade foram até a Delegacia de Plantão da Zona Norte para prestar depoimento. O homem será operado e deve ser preso após receber alta.

Por Cassinho Morais 
Com informarão do G1/RN
Anterior Proxima Página inicial
Postar um comentário