10/02/2014

Prefeito de Apodi poderá ter mandato cassado pelos vereadores


Imagem da internet

O prefeito de Apodi, Flaviano Moreira Monteiro (PC do B) está em segundo ano de mandato, e logo no início da sua gestão ele encontra grandes dificuldades para manter os serviços básicos em ordem. Mas esse não é o principal problema, a questão é que, com o orçamento de 2014 aprovado e que foi elaborado por ele, as grandes obras já começam a ser cobradas.

O TransChapadão, o PoloIndustrial e o Ensino Superior foram umas das principais pautas apresentadas pelo gestor em período de campanha. Contudo, há insegurança apresentada por parte da equipe do atual gestor junto a sua inexperiência tem causado significativos transtornos em sua carreira política.

Segundo informações colhidas por esse blogueiro, já há uma união de alguns vereadores que discutem a possibilidade de uma cassação política. De acordo com alguns relatos, oito parlamentares já haviam concordado com a decisão, sendo necessário apenas mais um, visto que a maioria ter que ser de nove.

Ainda segundo informações, o problema da não entrada com a cassação seria em virtude de rever os tramites para que o interesse fosse em retirar o prefeito e seu vice do cargo, deixando a cadeira para o presidente da Câmara, João Evangelista (PR).

Para Evangelista seria um prato cheio. Primeiro que, sempre foi o seu sonho, segundo que, ele necessita de uma mudança em sua postura política, pois, como político, ele é um ótimo estrategista, mas para com os políticos, para com a população, o nome dele já não é bem visto.

Muitos vereadores estariam até ansiosos para que este ato aconteça, o que poderá ser uma grande perca para a população apodiense, pois nem a prestação de contas do poder legislativo é apresentada, imagine se o edil se tornar prefeito.

Todavia, as informações aqui apresentadas são apenas conversas de bastidores. Nenhuma medida foi tomada ainda. Mas o ano de 2014 apresenta bastante surpresas e os "eleitores aguardam ansiosos na platéia deste teatro em que lobos se passam por ovelhinhas".

FONTE: JAIR GOMES
Anterior Proxima Página inicial
Postar um comentário