23/07/2015

Secretaria Pedro Júnior afirma que pretenço embargo das Obras da UBS de Melancias não tem sustentação


Em nota, o secretaria de saúde do Apodi Pedro júnior explicou que, mais uma vez, informações dada por blog apodiense não se sustenta como já ocorreu em outros casos.

O secretário de saúde informou que a possibilidade de embargo das obras da UBS de Melancias não procede. Segundo o secretário, a UBS será inaugurada pela prefeitura respeitando o que foi convencionado por lei na câmara de vereadores.

“A lei 516 de 2007, é uma lei da casa legislativa e que só por ela pode ser alterada, não impedindo, portanto a continuidade da obra que vem sendo esperada com muito anseio pela população do muito anseio pela população”, explica Pedro júnior.

“Havendo ou não alteração no nome da UBS De Melancias, ou com a permanência da supracitada lei as obras continuarão transcorrendo sem nenhum problema e será entregue ao povo de Melancias no tempo estipulada”, informa.

Entenda o caso
Um edil local, para homenagear correligionário, elaborou a lei supra citada nos idos de 2007. Só que oito anos após que a lei foi criada, só agora a UBS saiu do papel e, populares de Melancias, estão fazendo uma abaixo assinado para mudar a lei, consequentemente o nome da UBS.

Aqueles que estão a afrente desse processo entende que, a pessoa homenageada pela lei criada em 2007, apesar de sua imensurável importância histórica para o distrito, não tem ligação com a área da saúde.

Os populares que puxam o abaixo assinado entendem ainda que a lei está sem sentido decorrido todo esse tempo e querem que o nome da UBS seja relacionado a alguém do distrito que teve préstimos na área da saúde. O homenageado que a lei quer contemplar era poeta. Não temos informações qual seria o nome preferido por aqueles que estão fazendo esse movimento.
Anterior Proxima Página inicial