30/01/2015

Beto Fonseca um dos maiores pistoleiro do Rio Grande do Norte morreu no Tarcísio Maia em Mossoró



Um homem identificado como um dos maiores pistoleiros do estado morreu na manhã de quinta feira 29 de Janeiro de 2015, no Hospital Regional Tarcisio Maia em Mossoró. 

Segundo informações, Francisco Alberto Araújo Fonseca, conhecido por “Beto” ou “Roque” foi encontrado há três dias alvejado com disparos de arma de fogo as margens de uma estrada, próximo a cidade de Ipanguaçu no Rio Grande do Norte. 

O mesmo foi socorrido para o Hospital Regional Tarcisio Maia onde morreu na manhã de hoje. 

Em 2012 Policiais civis da Divisão de Polícia do Oeste (Divipoe) juntamente com a equipe da Delegacia Especializada em Atendimento ao Turista (Deatur) realizaram uma operação em São Miguel do Gostoso, município distante 102 quilômetros de Natal. O objetivo era capturar o pistoleiro Francisco Alberto Araújo Fonseca, conhecido por “Beto” ou “Roque”, que se encontrava há 15 anos foragido da Justiça.Beto' ou 'Roque' é considerado o mais destemido dos pistoleiros do bando 'Mal Assombro do Rio do Meio', sendo apontado nos últimos tempos como autor de vários assassinatos ocorridos no Vale do Assu, bem como o mais provável pistoleiro a investir futuramente contra testemunhas e autoridades judiciais, promotores e policiais que estão trabalhando na força tarefa que atua contra criminosos com o perfil de Francisco Alberto. 

 
Fonte: O Câmera/G1
Anterior Proxima Página inicial