09/05/2014

MPF e Anatel discutem qualidade do serviço da OI no Rio Grande do Norte


Clientes que se considerem prejudicados pela operadora de telefonia devem registrar suas reclamações pelo telefone 1331

A procuradora regional dos Direitos do Cidadão, Caroline Maciel, se reuniu no último dia 30 com o gerente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) no Rio Grande do Norte, Lívio Peixoto, para discutir a qualidade dos serviços prestados pela OI no estado. O Ministério Público Federal vem acompanhando a execução dos planos de melhoria apresentados pelas operadoras de telefonia à Anatel, cujo prazo de implementação se encerra no próximo mês de julho.

Os clientes da OI que se considerarem prejudicados por algum problema nos serviços da empresa telefônica devem registrar suas reclamações pelo telefone 1331, da Anatel. O MPF aguardará o fim do prazo de implementação dos planos para avaliar as ações adotadas pela operadora e, se for o caso, tomar as providências cabíveis.

A OI possui 28,3% de participação no mercado de telefonia móvel do Rio Grande do Norte, enquanto em nível nacional essa parcela é de 18,5%.


Assessoria de Comunicação
Procuradoria da República no RN
Fones: (84) 3232-3960 / 9119-9675
Anterior Proxima Página inicial
Postar um comentário