07/05/2014

Emparn prevê mais chuvas para o RN


Para os meteorologistas da Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN), a expectativa é de que as chuvas voltem a ocorrer em mais

intensidade a partir da segunda quinzena do mês de maio, apesar de as precipitações registradas até agora terem sido inferiores à media anual. Quem confirma a previsão é o meteorologista Gilmar Bristot.

“Estamos prevendo uma condição mais favorável de chuva na segunda quinzena do mês de maio no litoral e interior do estado. A previsão para o mês de maio é de aproximação da normalidade”, esclarece o meteorologista.

Ele acrescenta que não tem como prever o volume de chuvas, mas a probabilidade de chuvas com volume significativo na segunda quinzena seja melhor do que a primeira. “Devido à atuação de vários sistemas favorecendo a ocorrência de chuva”, frisou.

A ocorrência de chuvas também vai contribuir na redução da temperatura, que estava registrando cerca de um grau acima da média normal. “Com a chegada das chuvas, as temperaturas voltam para seu patamar normal. Com máxima em torno de 30ºC e mínima de 22ºC. São condições normais”, acrescenta.

Bristot revela que, mesmo com as chuvas ocorridas no mês de abril, o interior do Estado ainda está muito seco devido às poucas chuvas registradas no início do ano. “Embora tenha ocorrido chuvas em algumas cidades, não foi suficiente para recuperar a condição de seca”, disse. O meteorologista explica que a condição de seca não se desfez. “Em alguns municípios aliviou, mas quando analisamos os índices pluviométricos, vemos que ainda estão muito baixo”, avaliou.

De acordo com o meteorologista da Emparn, as regiões do Litoral e Agreste Potiguar estão passando por um novo momento climático e a previsão é que no trimestre que compreende os meses de maio, junho e julho registrem chuvas perto da normalidade, o que representa índices entre 600mm e 650mm.
Anterior Proxima Página inicial
Postar um comentário