17/02/2017

ATUALIZADO: Carro Forte é atacado e explodido na BR 405 entre Mossoró e Apodi. Criminosos romperam o blindado com tiros de Fuzil AK-47



Um carro forte da empresa de valores Prossegur, foi atacado e explodido, na tarde desta sexta feira 17 de fevereiro na BR 405 entre os municípios de Apodí e Governador Dix Sept Rosado no Oeste do Rio Grande do Norte. 


Segundo informações repassadas à Polícia Civil, pelos vigilantes, o carro forte retornava de Pau dos Ferros, para Mossoró, quando foi interceptado por cerca de oito homens em dois carros e fortemente armados, na comunidade de Alto da Boa Vista, na zona rural de Governador Dix Sept Rosado. 

Os criminosos ao encostar no carro forte atiraram de fuzil AK-47 em direção ao motorista, rompendo a barreira da blindagem do veículos.

Os quatro vigilantes que ocupavam o carro forte conseguiram fugir pelo matagal e apenas um deles, identificado como Francisco Klebson Pereira f ficou ferido pelos estilhaços da blindagem e foi socorrido para o Hospital Tarcísio Maia em Mossoró. 

Os bandidos jogaram dinamites e explodiram o carro da empresa de valores. De acordo com a equipe de vigilantes o carro forte não transportava dinheiro. 

A Polícia calcula que os criminosos dispararam mais de 100 tiros. muitas cápsulas de fuzis 556 (AR-15) e 352 1.0 (AK-47) ficaram espalhadas na pista de rolamento da BR 405. 

O Delegado da Divisão de Polícia do Oeste (DIVPOE), Dr. Renato Oliveira, a polícia militar de Mossoró e Apodi e a Polícia Rodoviária Federal foram em apoio aos vigilantes. 

Os criminosos levaram duas escopetas calibre 12 pertencentes a empresa e na fuga incendiaram um dos veículos usados na ação criminosa. 

Eles atravessaram o carro no meio de uma estrada carroçável no sítio Três Marias, a ceca de 10 quilômetros do local do ataque e atearam fogo, para impedir qualquer tentativa de perseguição policial. 

O delegado Renaro Oliveira informou que o caso será comunicado a Divisão Especial de Combate ao Crime Organizado (DEICOR RN) que ficará encarregada de investigar o caso.

Com informações do FIM DA LINHA.com
Anterior Proxima Página inicial
Postar um comentário