04/05/2015

Empresa faz estudo de solo para Campus de Apodi


As obras do Campus de Apodi vão entrar em ritmo mais acelerado depois de um estudo de resistência de solo que foi iniciado no começo da semana. A empresa responsável pela construção identificou, após a escavação, que é necessário a sondagem porque alguns pontos não estavam de acordo com o projeto. "O estudo será custeado pela construtora", esclarece o assessor de obras da Universidade, Osmídio Dantas, prevendo que até o início da próxima semana, a análise de solo estará pronta.

Paralelamente a esse estudo, as obras estão sendo tocadas, embora mais lentamente, mas isso não atrasará o cronograma de conclusão prevista para meados de 2016. Pelo contrário, o levantamento do solo permitirá que a execução seja acelerada, uma vez que o estudo dará mais segurança à empresa construtora. "Tal serviço não compromete o cronograma inicial da obra. Após a conclusão da sondagem será iniciada a execução dos serviços de fundação (alicerce)", adianta Osmídio Dantas.
"Esse estudo do solo tem como principal objetivo conhecer o sub-solo, fornecendo subsídios indispensáveis para escolher o tipo de fundação mais adequado, evitando assim possíveis riscos na qualidade da obra e nos proporcionando maior segurança na obra. Um trabalho de grande importância e aprendizado", disse a técnica em edificações e responsável pelo acompanhamento e fiscalização da obra, Luécia Régis Franco.

Até o momento já foram executados os serviços de instalação do canteiro de obras, limpeza do terreno, locação da obra e escavação das fundações. O Campus de Apodi terá 30 salas de aula. Serão investidos mais de R$ 4 milhões na obra, recursos de emenda parlamentar de autoria do deputado Fábio Faria.

Fotos: Luécia Franco
Anterior Proxima Página inicial