13/03/2015

Ministro que tirar a PF da investigação da Lava Jato


A cúpula da Polícia Federal está em chamas diante de uma manifestação de Teori Zavascki na decisão que autorizou a abertura os inquéritos da Lava Jato. Escreveu Teori:

– O modo como se desdobra a investigação e o juízo sobre a conveniência, a oportunidade ou a necessidade de diligências tendentes à convicção acusatória são atribuições exclusivas do procurador-geral da República, mesmo porque o Ministério Público, na condição de titular da ação penal, é o verdadeiro destinatário das diligências executadas.

Em português, Teori disse que apenas o procurador-geral poderá pedir diligências nas investigações da Lava Jato, praticamente excluindo a Polícia Federal do processo.

Fonte:Robson Pires
Anterior Proxima Página inicial