17/12/2014

Apodi: Seca afeta produção da Castanha de Caju


A estiagem que afeta o interior do Rio Grande do Norte há cerca de três anos está prejudicando a produção de castanha de caju. Um dos municípios afetados é Apodi, no Médio Oeste do Estado, que teve a sua produção paralisada por falta de chuvas.

O fruto é característico do estado, mas está cada vez mais difícil a comercialização dele, o que afeta a economia local.“Estamos nos virando como dá. Agora com esse aproveitamento da questão do caju, onde se aproveita caju e castanha, está dando para se virar", frisou o presidente da Cooperativa de Cajucultura da Comunidade de Córrego, em Apodi, Eujânio Geracino.
Eujânio contou, ainda, que a produção está paralisada a cerca de oito meses. "A nossa unidade está fechada e isso é muito triste". Com a suspensão, a Cooperativa já totaliza um prejuízo em torno dos R$ 100 mil em faturamento, além da perda de mercado.

"A gente vinha de uma produção e hoje até temos uma marca. Ou seja, mercado perdido, como o de uma linha de hipermercado local. Perdemos por não ter produto para vender", completou Eujânio.

O prefeito Flaviano Monteiro (PCdoB), ressalta que estiagem prejudica não só a produção de caju como toda a economia da cidade como um todo. "Afeta todas as cadeias. Está difícil para o sertanejo, mas vale destacar que a cidade é abastecida pelo próprio lençol freático e a barragem de Santa Cruz ainda abastece outras cidades”.

O gestor ainda completou. “Aqui você tem água mineral a 90 metros. Nosso problema nem é água em si, é mais a distribuição e a falta de chuvas. Se não tivermos uma precipitação boa em 2015 as coisas vão ficar difíceis", disse.

Fonte: portal NoMinuto
Anterior Proxima Página inicial