28/11/2014

Clássico entre Brasil e Argentina virou caso de Polícia em Natal


O Globo Esporte RN destacou o amistoso de másters entre Brasil e Argentina, no último domingo (23), acabou virando caso de Polícia, com o consumidor irritado com ausência de alguns nomes anunciados para o evento e para o genérico de Cannigia, carrasco do Brasil na Copa de 90. 

A Delegacia Especializada de Defraudações e Falsificações abriu inquérito e vai investigar um suposto “calote” da agência Fênix Sports, promotora do amistoso entre as seleções masters de Brasil e Argentina. A denúncia partiu do Hotel Serhs, localizado na Via Costeira de Natal, onde ficaram hospedadas as delegações que participaram do jogo, que fala num calote de R$ 40 mil.

O clássico sul-americano foi realizado na Arena das Dunas, em Natal, e terminou com um empate por 3 a 3. Nesta quinta-feira, o empresário André Luiz de Paula Moreira da Silva, diretor da Agência Fênix, foi ouvido na tarde desta quinta-feira pela delegada Patrícia de Melo Gama Paes, titular da Delegacia de Defraudações e Falsificações.

Fonte: Robson Pires
Anterior Proxima Página inicial