18/09/2014

Mães dividem camas por falta de espaço em maternidade no RN


Mães divivem camas em Mossoró
(Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)

Por falta de vagas, mães estão precisando dividir camas para se acomodar no Hospital da Mulher, a única maternidade atualmente em funcionamento na cidade de Mossoró, na região Oeste do Rio Grande do Norte. A situação foi flagrada nesta quinta-feira (18) pela reportagem da Inter TV Cabugi.

A direção do hospital informou que a demanda de pacientes triplicou depois que a Casa de Saúde Dix-Sept Rosado sofreu uma intervenção judicial e deixou de realizar partos. A média de 200 atendimentos mensais passou para 600 desde agosto. As pacientes estão sendo transferidas para o Hospital da Polícia Militar após os partos.

De acordo com a direção da unidade, a Casa de Saúde Dix-Sept Rosado só será reaberta após o atendimento de exigências da junta interventora. O Município aguarda a resposta de anestesistas para uma proposta com os mesmos valores e moldes pagos pelo Hospital da Mulher.

A Associação de Anestesiologistas informou que concorda com os valores, mas só assume os serviços quando o antigo contrato do Município for regularizado. A Prefeitura de Mossoró reconhece os débitos.
Anterior Proxima Página inicial