21/04/2014

Jornalista afirma está decepcionado com a gestão do prefeito de Apodi


Através do seu perfil no Facebook o companheiro Jornalista Jotta Paiva externou seu descontentamento com a atual gestão, um sentimento de frustração que o invade nesse momento. Paiva era um entusiasta nas campanhas do atual prefeito, defensor árduo que hoje reconhece que a mudança de fato não aconteceu.

Veja o que disse o Jornalista no seu perfil do Facebook:

Quando Flaviano Zé Maria foi eleito, minha mãe protestante fez uma pequena celebração no sítio onde mora para agradecer. Tínhamos aquele acontecimento como uma bênção. No momento eu, emocionado por ver meu amigo vencer a campanha, discursei. Meu único e maior pedido foi: "Flaviano, você é professor, cuide de nossa educação. Cuide do futuro de Apodi".

Um ano e quatro meses depois, a decepção completa. A primeira greve foi dos professores porque Flaviano não quis cumprir a Lei e pagar o Piso Nacional. Depois se descobre que ele paga R$ 300 (agora R$ 250) para manter estagiários na educação básica da zona rural. Além disso, continua o legado de abandonar as escolas públicas. A 12 de Outubro, que tem um IDEB acima de 5 - o maior de Apodi - mais parece uma masmorra. Sem estrutura os professores fazem milagre. A escola é o que é por causa da equipe.

Flaviano Monteiro prometeu fazer uma revolução, mas ele é apenas mais um líder fracassado que continua a inflamar uma briga tosca, dividindo a cidade em castas: bicudos e bacuraus. Isso lembra a disputa sangrenta entre hutus contra tutsis, em Ruanda na África. O professor que pregava a paz, agora é apenas um político comum e com os dias contados. Adeus velho amigo. Adeus.

(José de Paiva Rebouças, jornalista).
*De: Josenias Freitas.
Anterior Proxima Página inicial
Postar um comentário