18/03/2014

MP abre 3º processo de improbidade contra a governadora do RN em 1 mês


O Ministério Público do Rio Grande do Norte ajuizou nesta segunda-feira (17) mais uma ação de improbidade administrativa contra a governadora Rosalba Ciarlini (DEM). Foi a terceira denuncia relacionada a irregularidades na administração da atual chefe do Executivo Estadual.

Na ação, assinada pelo procurador-geral Rinaldo Reis Lima, o MP afirma que o Estado não aplicou o mínimo de 25% da receita na manutenção e desenvolvimento da educação nos últimos três anos – o que representa mais de R$ 230 milhões. Segundo a portaria – aberta pelo órgão em setembro para apurar o caso – os recursos estavam sendo usados para pagamento de aposentados e pensionistas.

A ação aberta nesta segunda teve origem em representação formulada pelo deputado estadual Fernando Mineiro (PT) em agosto do ano passado. De acordo com o órgão ministerial, o governo estadual deixou de aplicar um total de R$ 230,1 milhões no desenvolvimento do ensino somando os valores dos exercícios de 2011, 2012 e 2013.

G1

Anterior Proxima Página inicial
Postar um comentário