06/02/2014

STJD pode punir Potiguar de Mossoró com perda de seis pontos e multa


O Superior Tribunal de Justiça Desportiva julgará às 13h30 desta sexta-feira o caso do goleiro do Potiguar Laênio Emanuel. O clube mossoroense foi denunciado junto ao STJD por ter escalado o jogador de forma irregular na partida contra o Treze, no dia 17 de janeiro, válida pela primeira rodada da Copa do Nordeste. Caso seja comprovada a irregularidade, o Time Macho poderá perder seis pontos. Já que a regra prevê a perda de três pontos, mais o número de pontos conquistados na partida. 

Além de perder os pontos e ficar de fora da próxima fase da competição, se for condenado, o time terá que pagar uma multa cujo valor varia entre R$ 100 e R$ 100mil. O relator do caso será Marcelo Coelho. 

De acordo com o advogado do Potiguar, Lupércio Segundo, a diretoria está confiante com o resultado do julgamento. Segundo Lupércio, um dos advogados do clube viaja ao Rio de Janeiro para se encontrar com outro profissional, contratado exclusivamente para o julgamento desta sexta-feira.

- Ainda não sabemos quem irá representar o time, mas é certo que outro advogado seja contratado lá, e o clube seja representado por dois profissionais. Estamos esperançosos de que vamos conseguir o resultado positivo. A defesa irá reforçar a tese de que o Potiguar não foi informado sobre a punição do jogador. Na mesma semana da partida nós enviamos três ou quatro ofícios a CBF solicitando essa informação, mas a notificação só nos foi enviada tarde demais - afirmou o advogado.

Mesmo confiando na vitória, o advogado reitera que se o clube for punido, o departamento jurídico vai entrar com o recurso no pleno do STJD para reverter o resultado.

- Já aconteceram casos como esse e o clube denunciado não punido. O que temos em nosso favor é que o Potiguar não foi avisado da punição. E quando tentamos procurar a informação, não encontramos nada. Se formos punidos, vamos impetrar o recurso no Pleno do STJD para conseguir o resultado positivo - finalizou.

ENTENDA O CASO

Súmula da partida entre Salgueiro e Cuiabá (Foto: Editoria de Arte)

Em 2012, quando ainda atuava pelo Cuiabá, o goleiro foi expulso na partida do time mato-grossense contra o Salgueiro, válida pela última rodada da Série C do Campeonato Brasileiro. O árbitro Alício Pena Junior relatou em súmula que o jogador agrediu verbalmente o quarto árbitro, após a marcação do gol do Salgueiro. Mesmo estando no banco de reservas, Laênio foi expulso de campo.

Como era a última roda da Série C, de acordo com a regra, o jogador deveria cumprir a suspensão na partida seguinte em uma competição organizada pela CBF. Como a Copa do Nordeste deste ano seria a primeira competição organizada pela Confederação que o goleiro participaria, ele teria que ter pago a suspensão na partida contra o Treze, na primeira rodada.
Anterior Proxima Página inicial
Postar um comentário