24/02/2014

Apodi terá o reforço de mais uma ambulância do SAMU durante o carnaval.


Cerca de 140 profissionais do Serviço de Atendimento Médico de Urgência, o Samu, trabalharão durante o carnaval no Rio Grande do Norte. São técnicos de enfermagem, enfermeiros, médicos, motoristas, operadores de rádio, operadores de frota e telefonistas que estarão de prontidão até o fim da festa, no dia 5 de março. Para isso, a coordenação do Samu anunciou que todas as 25 bases funcionarão normalmente, incluindo mais seis bases descentralizadas de atendimento instaladas em Baraúna, Currais Novos, Parelhas, Macau, Caicó e Santa Cruz. O Samu atende gratuitamente pelo número de emergência 192.

Além das novas bases, o Samu informou que também está colocando mais uma ambulância de suporte básico para reforçar o serviço em Apodi e outra em Macau, e que manterá toda a equipe de prontidão para um acionamento rápido, caso ocorram acidentes com múltiplas vítimas. O Samu afirma ainda que manterá contato permanente com o helicóptero Potiguar 1, aeronave da Secretaria de Segurança Pública, para socorro rápido de pacientes.

Segundo a coordenadora do Samu, Cecília Picinin, permanece o atendimento intensificado no litoral do estado e nos municípios com mais tradição carnavalesca. “Essa intensificação está relacionada ao número de acidentes nesse período do ano, quando aumenta a população flutuante e há uma elevação nos casos de emergência”, ressaltou.

Para diminuir o tempo resposta e atender melhor à população neste período, a coordenadora acrescentou que mais duas unidades de suporte básico estarão atuando, uma na praia de Búzios, no litoral Sul, e outra na praia de São Miguel do Gostoso, no litoral Norte do estado. “Os veículos extras possuem tração 4x4 e podem atender a ocorrências em dunas, beira mar e em outros lugares de difícil acesso. Desde o início da Operação Verão reforçamos o nosso efetivo com mais 15 condutores de veículos de urgência e 15 técnicos de enfermagem”, disse Cecília Picinin.

A coordenadora destaca também que, além do reforço de veículos e efetivo, toda a frota que habitualmente presta assistência à população para os atendimentos de urgência e emergência será mantida, com exceção da Unidade de Suporte Básico (USB), que normalmente fica no Posto de Atendimento da Avenida Maria Lacerda, em Nova Parnamirim - que será remanejada para a comunidade de Pium, também em Parnamirim, onde o fluxo de veículos aumenta no período canavalesco.

Ao todo, a região metropolitana da capital potiguar contará com 19 ambulâncias (sendo 15 de suporte básico e 4 de suporte avançando), incluindo uma ambulância para atendimento neonatal e pediátrico e duas motolâncias.


“As ambulâncias de suporte básico contam com um condutor e um técnico de enfermagem, para atender casos clínicos e de trauma de menor complexidade. As ambulâncias de suporte avançado possuem médico, enfermeiro e contam com equipamentos como um cardioversor, bomba de infusão, respirador mecânico, e outros aparelhos de reanimação e trauma”, explicou Cecília.

Fonte: G1 RN
Anterior Proxima Página inicial
Postar um comentário