18/01/2014

Dedo do Cristo Redentor é danificado por raios durante temporal no Rio


Um dos mais conhecidos pontos turísticos do Brasil, o Cristo Redentor foi danificado depois do temporal que atingiu o Rio nesta quinta-feira (16). Parte do dedo polegar da mão direita do Cristo quebrou, como mostraram as

As imagens registradas nesta sexta (17) mostram que, na mão direita da estátua, o raio danificou o polegar do Cristo. O dano fica claro quando comparado à mão esquerda, que tem o polegar intacto.

De acordo com padre Omar Raposo, reitor do Santuário do Cristo Redentor, que pela manhã deu entrevista à Rádio Globo contando o estrago provocado pelo raio, o dedo médio da mão direita da estátua já havia sido danificado no temporal que atingiu a cidade em dezembro. “Agora registramos uma avaria mais acentuada em toda a mão”, explicou.
Estoque de pedra sabão

Segundo padre Omar, toda a estátua do Cristo Redentor é revestida de pedra sabão. “Temos um estoque dessa pedra, adquirida da mesma pedreira de Minas Gerais de onde saiu o material na construção original do monumento”. Ele destacou ainda que a estátua passa por reforma permanente e que agora serão contratados restauradores alpinistas para reparar os danos.

Dedo médio já estava danificado por raios
anteriormente (Foto: Marcos de Paula/Estadão Conteúdo)

Na noite desta quinta, uma placa informativa, feita de mármore, também foi danificada pelos raios. “Estamos instalando uma Central Digital que vai substituir as placas informativas, porque sempre temos de trocá-las por causa de raios. A os para-raios funcionam, mas essa proteção atmosférica já não está funcionando satisfatoriamente no Cristo”, avaliou padre.
Ao ser questionado se haveria outro sistema para proteger o monumento de descargas elétricas, Omar negou. “Não existe outra medida. Só rezando mesmo.”
40 mil raios
De acordo com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), em todo o estado do Rio de Janeirocaíram mais de 40 mil raios nesta quinta. O órgão destaca que o monumento do Cristo é atingido, em média, por seis raios a cada ano.

Em outubro de 2013, imagens mostram o Cristo sendo atingido por raios (Foto: Reprodução/GloboNews)
Raios foram vistos atrás da estátua na madrugada desta terça-feira (14) (Foto: Yasuyoshi Chiba/AFP)
Anterior Proxima Página inicial
Postar um comentário