17/04/2016

Governo já reconhece derrota em votação do impeachment


O líder do governo na Câmara, deputado José Guimarães (PT-CE), acaba de reconhecer antecipadamente a derrota da presidente Dilma Rousseff na votação do impeachment. Guimarães afirmou que houve algumas traições pontuais, mas se negou a listar quais.

"Reconhecemos a derrota de cabeça erguida. Os golpistas foram mais fortes", disse o petista. Ele ainda rebateu a tese de setores do PT que defendem a convocação de eleições gerais se Dilma vier a ser afastada do cargo. A própria presidente já havia reconhecido antes que, se perdesse neste domingo, seria "carta fora do baralho".

"A luta agora é nas ruas e no Senado. A guerra está só começando. O vice não reúne a menor condição de governar", afirmou. Segundo ele, o ministro José Eduardo Cardozo (AGU) vai cuidar de recursos ao Supremo Tribunal Federal.
Anterior Proxima Página inicial