22/06/2014

Empresario rebate informações das Barbies de Caraúbas


Na semana passada postamos aqui a denuncia feita por um empresário pernambucano que dizia está sendo estorquido e chantageado pela familia de uma moça com quem teve um relacionamento na cidade de Caraúbas VER 

No ultimo domingo a moça enviou uma nota de esclarecimento sobre o assunto e fez novas denuncias contra o empresario VER

Agora o empresário envia novo material solicitando que seja divulgado. As três publicações foram postadas na integra, como solicitado pelos advogados das partes envolvidas. 

Recife, 19 de junho de 2014. 

Ao SITE “O Câmera” - Mossoró - RN 

Tomando conhecimento da “resposta” endereçada a V.Sas. Pelas irmãs GAROTAS DE PROGRAMA de nomes VERUZA e JERUSA BRAGA DA SILVA, tenho a informar, a bem da verdade e para evitar que outras pessoas caiam no mesmo GOLPE DAS PROSTITUTAS, o que se segue: 

Inicialmente ratifico, na íntegra, tudo o que foi antes noticiado e já é objeto de procedimento POLICIAL e JUDICIAL. 

Destaca, inicialmente, que jamais vivi em união estável com as irmãs PROSTITUTAS, sendo, inclusive, casado e pai de família. 

Ainda, ao constatar que as irmãs eram PROSTITUTAS PROFISSIONAIS em busca de dar um GOLPE, me afastei delas. Elas, percebendo o afastamento, nos últimos dias de contato subtraíram criminosamente bens diversos de minha propriedade, a exemplo de 2 veículos, joias, uma piscina a ser montada e até um cachorro de estimação. 

Graças a atuação da POLÍCIA, as irmãs, GAROTAS DE PROGRAMA, reconhecendo o crime, já devolveram parte dos bens que subtraíram. 

Ainda, na “resposta” as irmãs confessam que jamais pagaram pelos veículos. Apenas “alegaram” que “foram presenteados” durante a “união” de 4 anos. Pura inverdade. Os bens só foram subtraídos criminosamente nos últimos e poucos dias de contato. 

Para que não fiquem dúvidas sobre a condição de GAROTAS DE PROGRAMA das irmãs VERUSA e JERUSA, peço que sejam divulgadas as 8 fotos anexas, nas quais elas aparecem oferecendo o corpo, através de diversos SITES de prostituição, para programas ao preço de R$ 600 Reais:

Nas fotos acima constatamos que VERUZA também usava, para dar GOLPES, nomes falsos, a exemplo de Melissa e Gaby. 
E nas fotos abaixo, denota-se que JERUZA usava, sempre com fins criminosos, os nomes de MARCELLA E THAYSA: 
Essa quadrilha é composta pelas irmãs, sua genitora Iodete Pereira da Silva, seu irmão Antônio Braga da Silva Júnior e companheira de fato Fernanda Silva.

Sempre zombando da boa-fé alheia, da POLÍCIA e do PODER JUDICIÁRIO, a GAROTA DE PROGRAMA VERUZA, achando-se intocável, postou no seu INSTAGRAM o seguinte: 
Enquanto vcs ficam se preocupando com minha vida e com coisas absurdas que um psicopata posta... eu fico aqui andando num hiate lindo e luxando...Olhe minha cara de preocupação...beijinho no ombro.

Segue a foto da matéria:

Recorri à POLÍCIA e a JUSTIÇA e espero que as prisões destas CRIMINOSAS e seus comparsas sejam decretadas a qualquer momento.

Gustavo de Vasconcelos.

Por Cassinho Morais
Fonte: O Câmera 
Anterior Proxima Página inicial
Postar um comentário