21/06/2014

Apodiense disputará vaga para Assembleia Legislativa pelo PMDB


O professor a Apodiense, Luis Carlos Noronha, esta mesmo disposto a disputar uma cadeia na Assembléia Legislativa do Rio Grande do Norte pelo Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB).

O pré-candidato a deputado estadual, Luis Carlos é membro de família tradicional em Apodi, nesse período dos festejos de São João Batista, padroeiro da cidade, ele tem intensificado visitas na cidade e comunidades rurais do município, ao lado dos amigos e familiares. Luis Carlos é filho do saudoso Luis Galdino e irmão da médica, Solange Noronha.

O professor Luis Carlos Noronha todos os anos participa da festa do Padroeiro de Apodi ao lado da sua mãe, professora Necy Noronha Mota.

Luis Carlos tem experiência na política, já foi vereador por dois mandatos em Natal, cidade onde mora, nas ultimas eleições ficou entre os mais votados, mas não conseguiu renovar o seu mandato, perdendo pelos votos de legenda, mas ficou na primeira suplência.


O apodiense radicado há anos em Natal, Luis Carlos, devera fazer dobrainha política em Natal com o pré-candidato a deputado federal, Walter Alves (PMDB), parceria política que também devera ser estendida para o interior do estado.

A pré-candidatura a deputado estadual do professor Luis Carlos, tem sido bem aceita no município de Apodi, haja vista a população apodiense vem sonhando em ter um filho da terra na Assembléia Legislativa. Luis Carlos tem recebido demonstrações de apoio ao projeto que entende ser importante para a busca por uma representação consistente da região, hoje tão necessária no legislativo potiguar.


Nas eleições de 2010, os apodienses foram às urnas e garantiram expressiva votação ao candidato a deputado estadual, Flaviano Monteiro, hoje prefeito da cidade. Na época Flaviano Monteiro obteve 11.608 votos, o que corresponde a 54,69% dos votos válidos para deputado estadual no município de Apodi. 

Flaviano sempre pregava que chegou o momento dos apodienses elegerem um filho da terra. Políticos como o atual vice-prefeito, Jose Maria, vereadores Chico de Marinete (PCdoB), Genivan Varela (PCdoB), defendiam também que a população apodiense deveria votar em um filho de Apodi, mas como as raposas políticas sempre pregam, a “Política” é como as nuvens, sempre mudam de lugar. 

Hoje esse mesmo grupo que no passado defendia um nome da terra, devera votar com o deputado estadual Getúlio Rego (DEM).


Perseverante, como mostra sua trajetória de vida, talhada com muito trabalho, o professor Luis Carlos, garante que a região do Vale e Chapada do Apodi só tem a ganhar com o retorno de um filho ao parlamento estadual. 

Por Cassinho Morais
Fonte: www.ovaledoapodi.com
Anterior Proxima Página inicial
Postar um comentário