24/01/2014

'Estou tranquila', diz governadora do RN após afastamento


(Foto: Divulgação/Assessoria do Governo do Estado)
"Estou tranquila. Vamos recorrer porque é um direito que me assiste, para que tudo fique esclarecido". A declaração de Rosalba Ciarlini sobre a decisão do TRE que a afastou do cargo de governadora foi dada durante a festa de confraternização dos operários da Arena das Dunas na noite desta quinta-feira (23). 

Na ocasião, a governadora cumprimentou operários e posou para fotos com os trabalhadores e seus familiares. "O mais importante é que eu tenho a consciência tranquila de que estamos trabalhando com honestidade e seriedade e fazendo valer o dinheiro do povo", disse a governadora ao G1.

A governadora do Rio Grande do Norte foi condenada por abuso de poder econômico e afastada do cargo por uma decisão do TRE que ainda a tornou inelegível por oito anos. A decisão do pleno ainda cassou os mandatos de Cláudia Regina (DEM) e de Wellingtton Filho (PMDB), prefeita e vice-prefeito de Mossoró, respectivamente. Ambos também estão inelegíveis 8 anos.

A decisão do TRE foi publicada no Diário da Justiça Eletrônico nesta quinta-feira (23). Com a publicação do acórdão, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Motta (PROS), será notificado da decisão para então dar posse ao vice-governador Robinson Faria em um prazo de 24 horas.

A assessoria da Assembleia Legislativa informou que vai aguardar a notificação para tomar todas as providências visando o cumprimento da decisão do TRE, "observando a constituição estadual e o regimento interno da Casa".
Anterior Proxima Página inicial
Postar um comentário